5 filmes totalmente “Bi Culture” para assistir no Dia da Visibilidade Bissexual - Grupo Dignidade
Por Will C.

23 de setembro: Dia da Visibilidade Bissexual. Um dia extremamente necessário para as pessoas que se identificam com o termo, já que as mesmas, além de sofrerem uma invisibilidade maior da mídia, também sofrem de silenciamento dentro e fora da comunidade LGBTI+.

Vale ressaltar que apesar do termo bissexual ter uma conotação binária, a definição segundo o The Bisexual Resource Center, e muitos outros líderes da comunidade bi + usam “bi” “bissexual” e “bi +” para significar qualquer pessoa que seja atraída romanticamente e / ou sexualmente por mais de um gênero (além do espectro homem/mulher), também chamada de identidades “não monossexuais” ou “médias”. Isso inclui rótulos como pansexual, gay, omnissexual, sexualmente fluido e muito mais, e até pessoas que decidem não usar um rótulo. Saiba mais sobre essas e outras terminologias aqui.

Para comemorar e exaltar a representatividade e vozes dessas pessoas tão especiais para nossa comunidade, preparamos uma lista com 5 filmes que são totalmente “Bi Culture”. Confira abaixo:

1. E Sua Mãe Também (México, 2001)

Road Movie Mexicano de 2001, traz os renomados atores Gabriel García Bernal e Diego Luna, na pele dos jovens Julio e Tenoch, que acompanhados de Luisa (Maribel Verdú), uma mulher adulta, atravessam o México de carro com destino a uma praia paradisíaca, mas no caminho acabam descobrindo mais sobre sobre si mesmos e suas respectivas sexualidades. Um clássico do cinema queer latino-americano!

2. The Rocky Horror Picture Show (EUA, 1975)

Talvez o mais renomado da lista, Rocky Horror (para os íntimos), é um musical cult, símbolo da contracultura norte-americana dos anos 1970.

Tem como protagonista Frank-N-Furter, cientista alienígena que pretende criar o “homem perfeito”, mas seu plano não é totalmente bem-sucedido. O filme conta com grandes performances, coreografias icônicas e muita fluidez de gênero e sexual. Imperdível para os amantes de musicais!

3. Paraísos Artificiais (Brasil, 2012)

Representando o cinema nacional na nossa lista, esse filme estrelado por Nathalia Dill, como a DJ bissexual Érica, se passa em um festival de música situado em uma ilha paradisíaca no litoral nordestino, trazendo experiências sensoriais intensas de jovens que se encontram acidentalmente e tem suas vidas mudadas para sempre. Ótima dica para valorizar as produções brasileiras!

4. Minhas Mães e Meu Pai (EUA, 2010)

Essa produção intimista e tocante mostra a relação de um casal vivido pelas incríveis atrizes Julianne Moore e Annette Bening, quando seus filhos decidem entrar em contato com o pai biológico (Mark Ruffalo), causando grande reviravolta entre todos os envolvidos. O filme traz a tona o conflito de pessoas bissexuais e seus rótulos em uma relação monogâmica.

5. Canções de Amor (França, 2007)

Filme lindo e tocante, traz o jornalista Ismael (vivido pelo charmoso Louis Garrel), tendo que lidar com a morte da companheira de longa data e descobrindo novas formas de amar. Tudo isso com uma trilha sonora encantadora, tendo a bela Paris como plano de fundo. Perfeição!

E você, qual filme ou personagens bi mais te marcaram?

###

Veja mais….

Aproveite essas dicas para conhecer mais essa letra do nossa comunidade e quem sabe convidar alguém especial para curtir o filme juntes!


Celebre o Dia da Visibilidade Bissexual com a nossa campanha Liberdade de ser… Liberdade de amar – #NãoEsqueçaDoB

Dia da Visibilidade Bissexual – #NãoEsqueçadoB

Hoje é Dia da Visibilidade Bissexual e de dizer que gostar de pessoas dos dois gêneros não é estar em cima do muro. Apoie o amor entre duas pessoas, sejam elas quem forem. #NãoEsqueçaDoB

Posted by Grupo Dignidade on Monday, 23 September 2019

Hoje é o Dia da Visibilidade Bissexual. Dia de lembrar que o amor deve ser apoiado sempre. Não! Gostar de pessoas dos…

Posted by Grupo Dignidade on Monday, 23 September 2019
Quer receber novidades
do universo LGBT?


Gostou desse post? Então compartilhe!


Você vai achar isso mara:


Bota a cara no sol:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *